Car-Kará conquista vaga para representar a UFRN em competição internacional

A equipe Car-Kará, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), conquista uma vaga na etapa internacional da competição Baja SAE, após terminar em 3º lugar geral na fase nacional da disputa, se tornando o grupo com melhor desempenho dos representantes do Nordeste.

A cada ano a Sociedade de Engenheiros Automotivos (SAE, da sigla em inglês) lança um desafio para que todas as equipes construam um carro e apresente no evento. A 24ª Baja SAE Brasil-Petrobrás aconteceu em São José do Campos, interior de São Paulo, entre os dias 22 e 25 de fevereiro. O período de competição é dividido em provas e em cada teste é dado uma nota que é somada no final da competição para formar a classificação geral.

Antes mesmo do protótipo do carro entrar em ação, é preciso fazer a apresentação do projeto e uma prova de conformidade técnica e segurança, todas contando pontos. Já na parte prática, tem os testes de tração, aceleração, velocidade, suspensão, lama e manobrabilidade. Car-Kará conseguiu o 1º lugar na prova de endure, teste de resistência em que o carro fica rodando por quatro horas seguidas, tentando superar obstáculos numa pista de, aproximadamente, dois quilômetros.

IMG_20180307_092032585_HDR

Protótipo CK18, carro levado para a competição nacional

Matheus Gabriel, coordenador de suspensão e estudante de Ciências e Tecnologia, conta que a experiência de mostrar o projeto para engenheiros renomados é única: “Ano passado tive a oportunidade de participar da etapa nacional, mas como auxiliar do projeto. Esse ano fui como coordenador e um dos líderes da equipe e pude sentir o quanto a competição é impactante, tanto no profissional quanto no pessoal”.

A construção do carro começa pelo projeto da estrutura, em que o automóvel é modelado num programa de computador chamado de SolidWorks em que oferece um modo de visualização em 3D. Os trabalhos seguem para a suspensão, transmissão, freio, eletrônica e, enfim, design.

Para Henrique Dantas, coordenador de sistema de freio e estudante de Engenharia Mecânica, o Car-Kará oferece um espaço para os discentes colocarem em prática aquilo que é visto na teoria: “Sempre vi em sala de aula o professor explicando (conteúdo), mas não sabia onde se aplicava. E um dia estava na ECT (Escola de Ciências e Tecnologia), indo para a aula e vi o carro do Car-Kará no Hall e pensei que era aquilo que queria fazer. No curso eu não tenho suporte de aprender a lidar com recursos e pessoas (…) O projeto proporciona isso para gente, uma experiência de indústria dentro da faculdade”.

IMG-20180308-WA0013

Equipe Car-Kará Baja SAE em São José dos campos. Foto cedida por Henrique Dantas.

Desde que voltaram da etapa nacional, a equipe que, atualmente, conta com 20 membros ativos, já retornaram aos trabalhos de melhorias no carro. Além disso, os membros estão correndo atrás de recursos, junto a Universidade, de forma virtual, através de vaquinha, divulgação em redes sociais e na realização de eventos para arrecadar verba a fim de levar a equipe para a fase internacional da competição que acontecerá em Pittsburg, no estado do Kansas nos Estados Unidos, entre os dias 17 e 22 de maio.

 

Deixe uma resposta