ECT na Cientec: trabalhos do primeiro dia

Nos dias 19, 20 e 21 de outubro ocorreu a Cientec na praça de cívica do campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Os grupos que apresentavam passavam o dia inteiro lá oferecendo explicação sobre seus projetos, e a Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) foi representada com cada um dos seus programas: EJECT, inPACTA, GIM, entre outros. Aqui vamos rever o que aconteceu no primeiro dia.

Estande EJECT

A equipe trabalha oferecendo serviços de sites responsivos, hospedagem e com sistemas web que é dividido em financeiro e Costumer Relationship Management (CRM), que consiste em colocar o cliente em foco principal, com o intuito de antecipar necessidades.

Outro projeto é o de Descarte de Material Eletrônico (DME), no qual o grupo dá um destino apropriado ao material que as pessoas tem em casa e não usam mais. O ponto de entrega física é no Instituto Metrópole Digital (IMD), mas é possível fazer contato pelo Facebook que eles buscam o material na casa das pessoas.

O objetivo do projeto é evitar que esse lixo vá para um lugar que possa prejudicar meio ambiente.

EJECT

Estande Enerive – Energia em inovação

É um projeto em conjunto com a inPACTA que trabalha com energia solar e possui quatro frentes:

1) Sistema IOT (Internet of Things): consiste na criação de um sistema inteligente que pode ser integrado aos equipamentos que usamos diariamente. Exemplo: ligar o fogão pelo celular.

2)Dragon: desenvolvido para auxiliar empresários que oferecem produtos para o mercado. Através dele é possível calcular a aceitação do produto, sua oferta e demanda, cálculos financeiros e a forma certa precisa de repor o estoque.

3)Medusa: é uma empresa de propaganda que serve para compor a estratégia de uma empresa. Oferece um dispositivo que calcula o tempo em que o cliente ficou exposto ao produto.

4)Placa de energia solar: todo o sistema é ligado a um transformador que converte a energia produzida carga necessária para suprir um computador, por exemplo.

Enerive

Estande Void 3D

Foi formada através da ideia empreendedora de quatro amigos em parceria com o inPACTA Oferece soluções e produtos para o mercado de impressão 3D. Seu primeiro protótipo é a impressora 3D em sistema CoreXY, totalmente desenvolvida pelo grupo, com o intuito de dar mais segurança e confiança na impressão, sem contar que possui uma velocidade maior do que as outras do mercado.

VOID

Estande Blind Dog

Também é um projeto incubado na inPACTA que tem como objetivo ajudar cães cegos, criando coleiras inteligentes que avisam o cachorro que existe obstáculos em seu caminho através de alertas vibratórios. O intuito é evitar traumas neurológicos no animal.

Blind Dog

 

 

Deixe uma resposta